Primeira etapa Campeonato Estadual de Rally de Regularidade do Rio de Janeiro 2018 – Maricá

foto de capa carro 30

No dia 10/03/18 ocorreu a Primeira etapa Campeonato Estadual de Rally de Regularidade do Rio de Janeiro 2018, projeto da Trovão Verde, capitaneada por Eduardo da Hora, com o objetivo de trazer novamente ao Rio de Janeiro não apenas o rally de regularidade mas também criar um verdadeiro celeiro para novos pilotos e colocar o estado no mapa nacional do esporte vai de vento em popa com resultados no minimo otimistas.

Alem de todos os carros devidamente adesivados, chamadas no sistema de som e muita divulgação, alguns fornecedores de produtos e serviços compareceram ao evento

Alem de todos os carros devidamente adesivados, chamadas no sistema de som e muita divulgação, alguns fornecedores de produtos e serviços compareceram ao evento

Uma grande jogada da nova administração ao custo de gastos absurdos com deslocamento é a busca de patrocínios e parcerias diversas, incluindo grupos de offroad, empresários, profissionais de diferentes áreas e conquistando apoio local, formula que vem dando certo!!

Com uma super estrutura todas as equipes e expectadores foram bem acolhidos antes e após a prova.

Com uma super estrutura todas as equipes e expectadores foram bem acolhidos antes e após a prova.

O cenário escolhido para inicio da temporada foi o município de Maricá/RJ com duas opções de traçado, um exclusivo para a categoria NOVATOS e outro para as demais categorias sendo elas: Graduados, Turismo, Turismo Light e UTV. A região não é novidade para quem acompanha o rally desde o seu inicio em 2017, sendo a AREIA sua característica mais marcante e com exceção dos pilotos da categoria de entrada (que não tiveram areia mais tiveram bastante dor de cabeça com balaios e pegadinhas), trouxe muitos desafios para as equipes em um ensolarado dia de calor causticante.

Todo o conforto disponibilizado aos competidores foi igualmente compartilhado com a equipe da organização, comissários e cronometragem

Todo o conforto disponibilizado aos competidores foi igualmente compartilhado com a equipe da organização, comissários e cronometragem

O certame contou com mais de 60 pilotos de acordo com a organização e teve o competente BOCA representando a tecnologia TOTEM alem dos representantes da FAERJ e CBA. Aliado a isso uma competente cobertura de mídia apresentada antes, durante e depois da prova registrou diversas partes do evento, apesar de ter um numero reduzido de fotos na categoria NOVATOS, ajuste que a organização já prometeu resolver logo na próxima etapa.

Mas mesmo assim não ficaram carentes! Com suporte da profissionalíssima Carol que junto com outros grandes profissionais atuaram com a plataforma FOTOP, uma empresa no mercado a mais de 10 anos, com experiência em vários eventos na disponibilização das fotos a galera conseguiu o registro de diferentes momentos no evento, ninguém foi esquecido. Caso queira conferir vá em frente e visite http://www.fotop.com.br

NOVATOS

O lindo BAJA da dupla Claudio e Fabio Dargan em ação.

O lindo BAJA da dupla Claudio e Fabio Dargan em ação.

Um dos grandes diferenciais da temporada de 2017 foi a opção de correr a categoria novatos, com isso uma planilha especial para a categoria compatível com veículos de passeio 4×2 (mas liberada a todos os 4×4 e diferentes tipos de chassis) e com um numero menor de trechos foi disponibilizada com os arquivos compatíveis totem. Geralmente a liberação desses arquivos leva a uma grande polemica sobre o uso de softwares e hardwares de navegação comparada em diversos rallys pelo Brasil por ser uma categoria para iniciantes, porem, tendo em foco os objetivos sinalizados pelo rally carioca, entre eles a criação de novos pilotos e sua subida para outras categorias de acordo com sua evolução, faz sentido. Hoje, existem opções gratuitas que podem ser utilizadas inclusive com o GPS e desde que bem manipulados os softwares apresentam boa precisão, trata-se apenas de aprender a usar e praticar. Sair de uma categoria sem o uso de aplicativos e ir para outra logo de cara, pode ser algo difícil de absorver. Dessa forma faz sentido estimular o uso de equipamentos das categorias superiores.

O jeep Renegade de Alexandre Mello e Eric Guedes se desloca após adesivação

O jeep Renegade de Alexandre Mello e Eric Guedes se desloca após adesivação

O Emis impecável da dupla Marcio e Gabriel acelera no traçado em busca da regularidade.

O Emis impecável da dupla Marcio e Gabriel acelera no traçado em busca da regularidade.

A dupla Alexandre Mello e Eric Guedes a bordo de um Jeep Renegade, se mantiveram constantes ao longo da prova oferecendo a Márcio Luiz e Gabriel Omar (Buggy) um bom equilíbrio na disputa e se mantendo na frente por 944 pontos, tal disputa não causa surpresa a quem acompanha o rally antes mesmo da nova organização, com exceção de Márcio Luiz (Que possui experiencia comprovada em seu Buggy Emis em diferentes eventos e terrenos), Eric, Alexandre e Gabriel competiram em 2015 sob a antiga organização do carioca, trazendo novamente um terreno fértil para grandes pegas. Próximo a eles Cláudio e Fabio Dargan (baja) chegaram a ficar em segundo lugar mas aparentemente algo ocorreu na segunda parte da prova aonde um grande numero de pontos foi acumulado e sacramentando sua posição em terceiro.

GRADUADOS / TURISMO / TURISMO LIGHT / UTV

O bicho pegou para os competidores da planilha principal do evento

O bicho pegou para os competidores da planilha principal do evento

Apesar do talento na navegação e pilotagem da categoria NOVATOS, os competidores das categorias que correram com a planilha “principal” merecem uma pedra polida no altar da gloria, com toda a sorte de desafios na areia passaram por grandes provações, seja na navegação seja ao menos conseguir cumprir o trajeto sem atolar, com uma prova com essas características tão justas a experiencia em areia e até mesmo conhecer o local faz diferença. O forte sol colocou a prova não só a estafa das equipes como também a durabilidade mecânica dos bólidos.

Piloto e navegador, Marco Gonçalves (mulambo) / Felipe Rezende tentando de todas as formas não sucumbir aos desafios da etapa.

Piloto e navegador, Marco Gonçalves (mulambo) / Felipe Rezende tentando de todas as formas não sucumbir aos desafios da etapa.

A etapa de Maricá ano passado (temporada 2017) apresentou dificuldade semelhante a prova de 2018, seja quanto aos diversos balaios, seja também por inclusão de dunas e até mesmo longos trechos de deslocamento na areia, porem, endossado pelas pontuações das equipes, fica evidente que 2018 teve alguma coisa de especial, um certo capricho na vontade de fazer os competidores ficarem tristes pelo fim da prova mas gratos por estarem ao menos vivos ao final dela.

Uma verdadeira batalha ocorreu nas areias de Maricá. Reduzindo toda e qualquer vantagem dos bólidos a fé e muito braço. Tempo era só uma consequência, a busca era por conseguir completar.

Uma verdadeira batalha ocorreu nas areias de Maricá. Reduzindo toda e qualquer vantagem dos bólidos a fé e muito braço. Tempo era só uma consequência, a busca era por conseguir completar.

Foi comum cruzar com carros e UTVs perdidos pelo circuito o que deixava tudo um pouco mais arriscado e complicado, já que em muitos trechos, parar o carro significava atolar, causando assim bastante desgaste. Isso pode explicar um expressivo numero de erros de navegação detectados ao fim da prova e até mesmo algumas ressalvas por parte dos pilotos quanto algumas tulipas.

Não se sabe se é um dos objetivos dos organizadores atuais do campeonato carioca, mas definitivamente, mesmo ainda na temporada de 2017, ficou evidente que a mão “pesa” na hora de fazer o trajeto. Mas parecem saber muito bem o que estão fazendo e o que desejam dos competidores, já que apesar da dificuldade acima da média, nenhum ponto ou parâmetro de precisão do levantamento é ignorado. Difícil, agressiva mas perfeitamente navegável, não basta navegador… É preciso carro e piloto.

Vamos aos resultados!!

Todas as categorias perfiladas no pódio

Todas as categorias perfiladas no pódio

Categoria Novatos:

Alexandre Mello / Eric Guedes (Enseg Rally Team) – Jeep Renegade
Márcio Luiz / Gabriel Omar (Speed Buggy) – Buggy
Cláudio Dargan / Fabio Dargan – Baja
Gabriel Doctorovich / Felipe Sarandy – Toyota Fielder
Alexandre Anselmo dos Santos / Mauro Silva de Macedo

Graduados:

Bruno Calixto / Paulo Manso
Marcus Castelan (optimus) / Roberta Castelan (JCM TEAM) – Troller T4

Turismo:

Paulo Cesar (pc) / Claudio Leandro (minhoca) – Troller T4
Victor Gonçalves / Vinicius Santos (Gamela Off-Road)
Rodolfo Rangel / Aline Fraga – Pajero Full
Bruno Santoro / Telmo Martins – Grand Vitara
Marco Gonçalves (mulambo) / Felipe Rezende – L200 Savana

Turismo Light:

André Costa / Pedro Henrique – Troller T4
Pedro Duncan Pessanha / Eduardo da Silva Monteiro
Fernanda Mendonça / Rodrigo Mendonça (JCM TEAM) – L200 Triton
Leonardo Fontana / Edson da Costa (bidu)(JCM TEAM) – L200 Triton
Wenner Wollmann / Gabriela de Paula

UTV:

Grabriel Andrada / Anna Victoria – Polaris RZR1000
Rickson Cunha da Silveira

E foi isso ai!

No final uma prova complexa e muito física na luta para se livrar de bolsões de areia, dunas e outros desafios naturais do circuito aliada com uma planilha inicialmente vista como “curta” mas que ao longo do certame parecia interminável. Pilotos e navegadores veteranos e muito experientes cravando pontuações altas em diversas categorias e novas revelações chegando. A temporada de 2018 tem tudo para ser muito agitada recheada de surpresas, alegrias e logicamente muito trabalho para as equipes.

Preparem-se!! O próximo encontro esta marcado, anote ai!! Será no dia 26/05/18 em Itaipava!

Categorias: Campeonatos, CBA | Deixe um comentário

I Etapa Campeonato Estadual de Rally de Regularidade do Rio de Janeiro 2018

DSC_1217-

É chegada a hora,

Após uma extensa campanha de marketing, inúmeras reuniões com empresas, prefeituras, negociação com patrocinadores e principalmente uma abordagem diferente quanto a seu posicionamento no cenário nacional, começando pelo uso da denominação CARIOCA (apesar de claro e expresso posicionamento FAERJ e CBA desde o primeiro momento em 2017) não só em documentos como também em divulgação, fato que não ocorreu na temporada 2017, esta semana chega enfim o momento de reiniciar todo o sucesso alcançado ao longo de 2017.

Forte divulgação com folders, textos, videos e muito trabalho de marketing junto aos patrocinadores e prefeituras

Ainda em destaque folder com a nomenclatura “Rally 4×4 na veia” que deu lugar para uma nova identidade visual: RALLY CARIOCA”

A Trovão Verde, sob comando de Eduardo da hora, consolida seu novo braço de atuação em um portfólio já populado e consagrado junto a concessionarias e diversos clientes, oferecendo cursos, treinamentos diversos, passeios, trilhas e uma lista considerável de atividades offroad. Com a palavra o próprio Eduardo da Hora:

Por erros do passado no Rally o Estado do Rio de Janeiro foi perdendo espaço e credibilidade a ponto de acabar por anos. As grandes montadoras também não realizam mais eventos no estado. Essa é só uma das lutas que a Trovão Verde Off-road Cursos comprou com apoio total da FAERJ de reerguer o estado no mundo off-road.

Então CARIOCA e visitantes está na sua hora de abraçar o único campeonato do estado. Somente, todos nós, juntos poderemos voltar a ter a atenção das montadoras e lojas off-road de todo Brasil que somos muito carente. Venha prestigiar, venha participar. Temos espaço para competidores “oficiais” (cat. Graduado e Turismo confirmadas) espaço para proprietários 4×4 e 4×2 (cat. Turismo Light e Novato) e lógico a nova Cat. UTV.

Aparentemente todo o esforço dos organizadores esta surtindo efeito, mesmo em um cenário de descredito tanto pelos participantes quanto pelas prefeituras e patrocinadores conforme sinalizado por Eduardo da Hora isso esta sendo rapidamente, apesar de um custo altíssimo de recursos/insumos e dedicação integral ao empreendimento, contornado já que nomes de peso a cada dia se alinham a empreitada.

Nova identidade e o uso definitivo do nome "Rally Carioca'

Nova identidade e o uso definitivo do nome “Rally Carioca’

O Rio de Janeiro vem apresentando uma característica quanto as inscrições, muitos pilotos de diferentes categorias apesar de toda facilidade no pagamento com cartão, dinheiro e descontos nas inscrições acabam se inscrevendo na hora, isso oferece um desafio a mais na organização que se diz preparada e de braços abertos para receber a todos!! Somente na categoria Turismo Light quase 29 inscrições tinham sido realizadas no site até o fechamento dessa matéria. Uma alta procura pela categoria de base, mostra que muitas das sementes jogadas ao longo de 2017 estão começando a florescer, criando novas equipes de rally ao longo do tempo e sinalizando com um possível bom tempo a frente.

Que venha 10/03/2018 e um ano de muito sucesso aos certames cariocas de regularidade.

Informações:

https://www.rallycarioca.com.br

Sábado, 10 de Março
Local: Lagoa de Araçatiba (Praça) Rua Alvare de Castro – Maricá
08h – Abertura da Secretaria de Prova e início da Vistoria Técnica
11h00 – Encerramento da Vistoria Técnica
11:30h – Largada do carro 00
15h – Chegada do 1º carro (Teremos o Festival Art &Bier acontecendo para
tender a todos)
16:00h – Divulgação do resultado
17:00h – Premiação

Categorias: Campeonatos, CBA, Eventos | Deixe um comentário

Campeonato Estadual de Rally de Regularidade do Rio de Janeiro temporada 2018

O Rally 4×4 na Veia, válido pelo campeonato estadual de Rally de Regularidade do Rio de Janeiro, começa sua temporada 2018 em março, mais especificamente no município de Maricá em 10/03/2018 com a promessa de manter um traçado desafiador seja pra o piloto quanto para o navegador de forma a seguir a formula de sucesso que o trouxe até aqui após uma temporada de recuperação, não do evento ou de seu organizador, mas do automobilismo carioca como um todo.

A categoria de Rally no estado do Rio de Janeiro, sofreu um apagão, um hiato, após um pico entre os anos de 2013 e 2015 quando além de categorias de regularidade o estado contava com outras categorias como a velocidade Indoor. Porém ainda no final de 2015 o cenário competitivo mudou chegando a interrupção de todas as categorias.

A Trovão Verde por meio da gestão de Eduardo da Hora retomou o calendário em 2017, firmou parcerias e após muitos anos o estado conquistou novamente o selo da Federação de Automobilismo do Estado do Rio de Janeiro (FAERJ) e consequentemente da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), cumprindo calendário, premiações das provas e encerrando com premiação do campeonato unificada com os campeões de outras categorias em festa da CBA.

Categorias: Campeonatos, CBA | Deixe um comentário

FAERJ/CBA – Premiação dos campeões da temporada 2017 do Rally de Regularidade Carioca

header

O estado do Rio de Janeiro enfim volta a sediar após anos um campeonato carioca de regularidade tendo a noite desta segunda feira, 18/12/2017, um fechamento digno de toda sua jornada ao longo da temporada 2017. Um fechamento com chave de ouro na festa de premiação da FAERJ – Federação de Automobilismo do Rio de Janeiro, justa e legal representante da CBA – Confederação Brasileira de automobilismo. Apenas o fato da premiação do campeonato ser realizada em festa oficial da FAERJ, junto com outras categorias do automobilismo carioca quebra paradigmas, já que as organizações anteriores responsáveis pela categoria Rally por muitos e muitos anos se mantiveram distante tanto da CBA quanto de sua FAU, FAERJ.

Campeões da Categoria Turismo

Campeões da Categoria Turismo

Por definição dada pela organização do Rally 4×4 na veia, valido pelo carioca de regularidade, a temporada de 2017 representa o renascimento não só de uma categoria como o rally e sim a adição de mais uma vela neste completo e renovado candelabro que representa a paixão dos cariocas pelo automobilismo. Em um universo de grid médio de 50 carros ao longo da competição e a premiação que se realizou na churrascaria Tourão na Barra da Tijuca/RJ, reunindo diversos segmentos do automobilismo e a presença de amigos, parentes, competidores e patrocinadores fica evidente que o mercado se encontra pulsante, sedento de bons produtos e serviços na área de competição automotiva, motivo pelo qual nessa noite de festa patrocinadores como Azurra, Marmil terraplenagem e Daflon Pneus em reconhecimento ao sucesso compareceram para homenagear todos os campeões.

Campeões Turismo Light

Campeões Turismo Light

Para o futuro, a organização planeja um rápido inicio em 2018, diversas provas, novas categorias e um incentivo forte e imperativo na categoria de base, Turismo Light, que se mostrou sem sombra de duvidas um diferencial carioca em relação aos colegas de outros estados. Com uma Light forte e empolgada em pouco tempo as categorias superiores serão populadas por novos nomes dando um novo folego ao campeonato e mesmo a sua representatividade nacional.

Resultados “FINAL” Campeonato Estadual de Regularidade Rally Azzurra Jeep 4×4 na veia
Fonte: Faerj/RJ. – Critérios de desempate / Descarte já aplicados.

CATEGORIA TURISMO (TOP 5):
1º Guga Valente / Marcelo Carestiato ………………………………………: 60 Pontos.
2º Marcus Vinicius Castelan / Roberta Jorge Castelan …………………..: 49 Pontos.
3º Paulo Cesar Guerra / Claudio Leandro Nicolau ………………………..: 44 Pontos.
4º Elcio Mota de Barros / Mauro Azevedo ………………………………….: 41 Pontos.
5º Marcos dos Santos Costa / Mariana dos Santos Costa ……………….: 30 Pontos.

CATEGORIA TURISMO LIGHT (TOP 5):
1º Marco Antonio Gonçalves / Felipe Rezende Gonçalves ……………….: 57 Pontos.
2º Bruno Santoro / Telmo Martins ……………………………………………: 57 Pontos.
3º Fellipe da Mota / Rosilene da Mota Almeida ……………………………: 38 Pontos.
4º Rodrigo Otavio de Souza / Lia Cristina Germano ……………………….: 31 Pontos.
5º Bernardo Canellas Marra / Diogo Cartier de Carvalho ………………….: 31 Pontos.

Categorias: Campeonatos, CBA, Eventos, Noticias | Deixe um comentário

“Então é natal…” – XIV Trilha Natalina Jeep Clube Maricá – 17 de dezembro de 2017

trilha natalina 2017

“Então é natal…”

Sim, como sempre algumas coisas fazem parte desse momento festivo compreendido no mês de dezembro, assim como os especiais de natal na TV, passas para tudo que é lado, piadinha de “pavê ou pacume” diante do clássico doce na ceia de natal e o disco surrado e cansado da interprete Simone questionando implacavelmente “Então é Natal e o que você fez?”… Eis que chega o momento da clássica Trilha Natalina do Jeep Clube Marica em sua 14º edição.

Com muita dedicação, diversos integrantes participam com muito esforço e carinho para que tudo fique perfeito resultando não só em performance esperada, mas superando sempre as expectativas. De acordo com a diretoria do JCM:

“Dia 17 de dezembro de 2017 o Jeep Clube Maricá irá realizar a XIV Trilha Natalina dentro do município de Maricá tendo como alvo dessa edição o bairro de Manuel Ribeiro representado pela E.M Pedro Machado aonde serão atendidas 70 crianças alem de assistidas 50 famílias com distribuição de brinquedos, cestas básicas e até mesmo bicicletas, são aproximadamente 600 presentes resultado de diversas doações de nossos integrantes. Nós ao longo dos anos passamos por Ponta Negra, Bambuí, Espraiado, Retiro, São José do Embassaí, Santa Rosa e agora Manuel Ribeiro.”

O JCM é uma entidade sem fins lucrativos com associados focados em objetivos de solidariedade e grande comprometimento social aliados ao mais profundo respeito a natureza e dedicação ao OFFROAD. Em troca, estonteantes cenários, contato profundo com a natureza, respeito, amizade e integração, itens que a cada dia se tornam mais raros em nossa sociedade.

“E o que você fez?”

Não sei vocês mas a galera do JCM, fez e seguirá fazendo muito!!

Trilha Natalina JCM 2017
Concentração: 8:30 da manhã na Churrascaria Moinho do Sul km 32 da RJ 106
Saída para entrega dos brinquedos: 09 horas da manhã
Entrega: 10 horas da manhã na Escola municipal João Pedro Machado
Inicio/trilha: 12 horas
Término/Trilha: 15 horas

Categorias: Eventos | Deixe um comentário

4º Etapa Campeonato Estadual de Regularidade Rally Azzurra Jeep 4×4 na veia – Eduardo da Hora e Trovão Verde cumprem a promessa “Renascimento”

folder

E chega ao fim o Campeonato Estadual de Regularidade – Rally Azzurra Jeep 4×4 na Veia, valido pelo ESTADUAL DE REGULARIDADE DO RIO DE JANEIRO, com chancela CBA/FAERJ. No inicio do ano o mesmo foi divulgado como sendo parte do “renascimento” do Rally de Regularidade Carioca, parte, porque muito do resultado positivo alcançado se deve também aos competidores que acreditaram e confiaram em mais essa investida após sucessivas dificuldades acumuladas em anos anteriores por diferentes organizadores.

Ainda na primeira etapa, um grande desafio para organizadores e competidores. Uma tempestade de véspera que transformou alguns trechos em um verdadeiro RAID

Ainda na primeira etapa, um grande desafio para organizadores e competidores. Uma tempestade de véspera que transformou alguns trechos em um verdadeiro RAID

A primeira etapa do Rally chegou com forte divulgação, data confirmada, apoio e representatividade CBA/FAERJ, alem de toda infraestrutura necessária em 25/03/17 em Duque de Caixas. Todos os carros foram devidamente vistoriados e liberados, assim como todas as documentações devidas e necessárias, itens como pneus, cintos, iluminação e etc não passaram ao largo e foram considerados de grande importância com cronometragem ainda a cargo da GPS CONTROL.

A esperança de uma prova menos trabalhosa ao volante se desfez com a chegada das implacáveis dunas

A esperança de uma prova menos trabalhosa ao volante se desfez com a chegada das implacáveis dunas na segunda etapa do campeonato

Após a primeira etapa, realizada em Xerém/RJ, os organizadores da Trovão Verde Offroad e apoio do Jeep Clube Marica – JCM voltaram com carga total e mais experiência, motivados pelo absoluto sucesso da primeira empreitada, juntamente com os importantes patrocinadores para colocar novamente o Rio de Janeiro no mapa dos grandes eventos automobilísticos nacionais.O diferencial foi integrar a conceituada TOTEM como apuradora oficial que desde 1996 disponibiliza recursos tecnológicos para os competidores de Rally em diferentes categorias se consagrando não só em tecnologia de bordo/navegação como em tecnologias e processos para apurações de alta performance com reconhecimento vasto entre profissionais e entusiastas.

A trilha da meia noite - Etapa noturna trazendo luz para a escuridão

A trilha da meia noite – Etapa noturna trazendo luz para a escuridão

Após os certames realizados em Xerém e Maricá foi a vez de Volta Redonda, todos localizados no estado do Rio de Janeiro, literalmente brilhar na escuridão. A prova válida pela 3º etapa do campeonato carioca de regularidade 2017 foi realizada a noite em conjunto a icônica “Trilha da Meia Noite” com brilhante suporte do Jeep Club Volta Redonda. A largada foi realizada dentro do Kartódromo Internacional de Volta Redonda, um lugar igualmente icônico inaugurado em 1966 com uma pista de 1.005 metros. Grandes campeões do automobilismo já correram nesta pista, como Emerson Fittipaldi, que participou da primeira inauguração, e Ayrton Senna. No dia 01 de Outubro de 2011, o kartódromo foi reinaugurado, e recebeu o nome de Circuito Marcel Luís Sette Fortes de Almeida, em homenagem ao filho do Ministro das Cidades, Márcio Fortes, que morreu tragicamente em um acidente automobilístico no Rio de Janeiro, em 2004.

Após lama, areia e escuridão, uma prova "country", leve, porem técnica na medida certa.

Após lama, areia e escuridão, uma prova “country”, leve, porem técnica na medida certa.

E chega a conclusão de todo o trabalho, finalizado de forma magistral por Eduardo da Hora e toda sua equipe. Uma prova equilibrada porem técnica, diferente das 3 etapas anteriores que quase foram “temáticas” por planejamento ou mesmo escolha da natureza. Lama definiu a primeira prova, Areia a segunda, Escuridão a terceira e um percurso “country” para finalizar. Em comum apenas a competência para lidar com as surpresas que todo evento outdoor oferece, o que só serviu apenas para reforçar a competência na lida com o que não foi planejado. Com uma secretaria eficiente e presença da FAERJ aliada a cronometragem da TOTEM, o esperado ocorreu com o fim da prova sem maiores problemas.

Sendo um evento com a chancela FAERJ/CBA a premiação irá ocorrer no dia 18 de Dezembro de 2017 em evento oficial da FAERJ/CBA na Barra da Tijuca com premiação de todas as categorias do automobilismo carioca.

Os campeões da 4º Etapa do campeonato, formando o ultimo pódio antes da premiação do campeonato

Os campeões da 4º Etapa do campeonato, formando o ultimo pódio antes da premiação do campeonato

Resultados 4º Etapa Campeonato Estadual de Regularidade Rally Azzurra Jeep 4×4 na veia
Fonte: Faerj/RJ.

CATEGORIA TURISMO (TOP 3):
1º Guga Valente / Marcelo Carestiato……………………………………..: 20 Pontos.
2º Marcus Vinicius Castelan / Roberta Jorge Castelan …………………: 17 Pontos.
3º Marcos dos Santos Costa / Mariana dos Santos Costa …………….: 15 pontos.

CATEGORIA TURISMO LIGHT (TOP 5):
1º Marco Antonio Gonçalves / Felipe Rezende Gonçalves …………….: 20 Pontos.
2º Bruno Santoro / Telmo Martins …………………………………………: 17 Pontos.
3º Fellipe da Mota / Rosilene da Mota Almeida …………………………: 15 Pontos.
4º Fernanda Cabral / Rodrigo Mendes Mendonça ……………………..: 13 Pontos.
5º Bernardo Canellas Marra / Diogo Cartier de Carvalho ……………..: 11 Pontos.

Resultados “FINAL” Campeonato Estadual de Regularidade Rally Azzurra Jeep 4×4 na veia
Fonte: Faerj/RJ. – Critérios de desempate / Descarte já aplicados.

CATEGORIA TURISMO (TOP 5):
1º Guga Valente / Marcelo Carestiato ………………………………………: 60 Pontos.
2º Marcus Vinicius Castelan / Roberta Jorge Castelan …………………..: 49 Pontos.
3º Paulo Cesar Guerra / Claudio Leandro Nicolau ………………………..: 44 Pontos.
4º Elcio Mota de Barros / Mauro Azevedo ………………………………….: 41 Pontos.
5º Marcos dos Santos Costa / Mariana dos Santos Costa ……………….: 30 Pontos.

CATEGORIA TURISMO LIGHT (TOP 5):
1º Marco Antonio Gonçalves / Felipe Rezende Gonçalves ……………….: 57 Pontos.
2º Bruno Santoro / Telmo Martins ……………………………………………: 57 Pontos.
3º Fellipe da Mota / Rosilene da Mota Almeida ……………………………: 38 Pontos.
4º Rodrigo Otavio de Souza / Lia Cristina Germano ……………………….: 31 Pontos.
5º Bernardo Canellas Marra / Diogo Cartier de Carvalho ………………….: 31 Pontos.

Categorias: Campeonatos, CBA | Deixe um comentário

Piloto Andreas Mikkelsen confirmado na Hyundai para 2018 e 2019

O piloto norueguês Andreas Mikkelsen acaba de ser confirmado como piloto Hyundai no WRC das temporadas 2018 e 2019. Em comunicado, foi revelado que o piloto vai conduzir, durante as duas próximas temporadas, o modelo Hyundai i20 Coupé WRC e terá como copiloto o norueguês Anders Jaeger.

A marca, sediada na Alemanha, afirmou que Andreas está “entre os pilotos que se adaptam rapidamente”. “Ele já testou o Hyundai i20 WRC e nos deu um bom resultado”, explicou Michel Nandan, chefe da Hyundai Motorsport.

Mikkelsen, que no fim de semana vai participar do Rali de Espanha, 11.ª prova do Mundial de 2017, disse estar “feliz com a oportunidade de regressar, tempo integral, ao WRC para as temporadas 2018 e 2019″.
Além do norueguês, os pilotos Thierry Neuville/Nicolas GE, Dani Sordo/Marc Marti e Hayden Paddon/Seb Marshall, também têm contrato para a próxima temporada.

Fonte: Diario de Noticias.

Categorias: Campeonatos, Grandes Pilotos, WRC | Deixe um comentário

Campeonato Estadual de Regularidade Rally Azzurra Jeep 4×4 na veia 3º etapa Volta Redonda “Trilha da meia noite”: Luz para a escuridão na recuperação da categoria de regularidade carioca.

Eduardo da Hora fazendo as ultimas observações no Briefing dentro do Kartódromo Internacional

Eduardo da Hora fazendo as ultimas observações no Briefing dentro do Kartódromo Internacional

No último sábado, dia 16/09/2017, dezenas de pilotos e navegadores com suas respectivas equipes foram convocadas para mais uma vez realizarem um belo evento, um dia de celebração e alegria mas acima de tudo competição e comprometimento. A CBA representada pela sua FAU FAERJ presente no evento, cuidando das documentações devidas, cedendo informações e todo suporte. Além disso a equipe da Trovão Verde, capitaneada por Eduardo da Hora (DUDU) não deixou por menos, diversos fabricantes e expositores dentro da área do Kartódromo Interacional de Volta Redonda um clima descontraído, apesar de logicamente com uma pitada de “tensão” a medida que a hora da largada se aproximava.

Com um grid de 50 equipes distribuídas entre categorias Turismo, Light e Passeio a 3º etapa mostra ainda folego com disputas apertadas e decisões marcadas para a ultima prova em dezembro.

Com um grid de 50 equipes distribuídas entre categorias Turismo, Light e Passeio a 3º etapa mostra ainda folego com disputas apertadas e decisões marcadas para a ultima prova em dezembro

Após os certames realizados em Xerém e Maricá foi a vez de Volta Redonda, todos localizados no estado do Rio de Janeiro, literalmente brilhar na escuridão. A prova válida pela 3º etapa do campeonato carioca de regularidade 2017 foi realizada a noite em conjunto a icônica “Trilha da Meia Noite” com brilhante suporte do Jeep Club Volta Redonda. A largada foi realizada dentro do Kartódromo Internacional de Volta Redonda, um lugar icônico inaugurado em 1966 com uma pista de 1.005 metros. Grandes campeões do automobilismo já correram nesta pista, como Emerson Fittipaldi, que participou da primeira inauguração, e Ayrton Senna. No dia 01 de Outubro de 2011, o kartódromo foi reinaugurado, e recebeu o nome de Circuito Marcel Luís Sette Fortes de Almeida, em homenagem ao filho do Ministro das Cidades, Márcio Fortes, que morreu tragicamente em um acidente automobilístico no Rio de Janeiro, em 2004.

A prova noturna bem balanceada e na medida considerando a reduzida visibilidade, mesmo assim, iluminação suplementar foi essencial

A prova noturna bem balanceada e na medida considerando a reduzida visibilidade, mesmo assim, iluminação suplementar foi essencial

Todo o cronograma especificado ocorreu sem problemas, vistorias, secretaria, saída para o grupo de passeio (sim o evento contemplou um belíssimo passeio com direito a ver o pôr do sol para quem quisesse apenas relaxar), posicionamento dos carros dentro do Kartódromo, mesmo do lado de fora uma rua foi fechada com apoio da Guarda Municipal para que os bólidos pudessem ficar com total segurança e inclusive aferir antes da largada depois no horário pré determinado, entrar para a pista do kartódromo. Sem erros, sem problemas, sem ressalvas. Após as 17:00 horas , o bicho começou a pegar, a descontração começou a colidir com a ansiedade, olhares nervosos, conversas bem rápidas e o tic tac do relógio sempre lembrando que estava prestes a sair de cena para a chegada do cronometro. Carro zero liberado, vamos começar! Partindo primeiramente a categoria turismo, permeada de excelentes equipes e suas viaturas bem ajustadas, logo depois a light. Em um grid total de 50 carros sem incluir a categoria passeio começou, para valer a terceira etapa.

Ao final do certame o merecido pódio, festa com musica ao vivo, restaurante e tudo mais disponível. Momento de festa!

Ao final do certame o merecido pódio, festa com musica ao vivo, restaurante e tudo mais disponível. Momento de festa!

Prova bem trabalhada, precisa e tendo como “balaio/laço” principal a escuridão que tornava a pilotagem e navegação (busca por referencias) bem mais complicadas, além disso uma prova com duração acima de 5 horas e um evento que oficialmente foi encerrado na madrugada no dia seguinte drenaram com força todos os participantes, entretanto o ânimo e qualidade da organização tornou possível se manter de pé e alerta para a premiação mais que merecida.

RESULTADOS:

Categoria Turismo

20170917_012636

RESULTADO PROVA TURISMO

RESULTADO CAMPEONATO TURISMO

Categoria Turismo Light

20170917_012217

RESULTADO PROVA LIGHT

RESULTADO CAMPEONATO LIGHT

Categorias: Campeonatos, CBA, Eventos | Deixe um comentário

WRC Finlândia 2017: Novato Esapekka Lappi Assombra o mundo do automobilismo e vence o WRC.

“Quem diabos é Lappi?” os menos atentos podem se perguntar e com toda razão! Em um mundo de Neuville, Ogier, Latvala, Meeke e entre outros não estávamos acostumados a escutar “Lappi” e serei sincero com os senhores, assistindo o WRC ao ver a performance do piloto Finlandês de 26 anos me assombrei e se alguém apostou nele, com certeza fez uma boa grana!! Mas sejamos “justos”, ele corre desde 2012 e possui alguns méritos, nada parecido com uma vitoria no WRC mas em 2015 ele conseguiu ficar em terceiro no WRC2 alem de acumular algumas vitorias “avulsas” pela carreira e o ERC (European Rally Championship) de 2014.

Mas enfim, vamos em frente!!

Lappi, o novato, pilotando pela quarta vez na categoria consegue com seu Toyota Yaris um belo feito vencendo o WRC Finlândia 2017 cravando 36 segundos de diferença do segundo colocado. O piloto de 26 anos ainda passou por um susto após a quebra de uma roda na penúltima SS mas conquistou uma emocionante vitoria em casa, dando uma doce surpresa para seu time Toyota Gazoo Racing team que após seu retorno ao WRC acumula agora duas vitorias.

Alem disso, Thierry Neuville com seu sexto lugar conseguiu enfim após um inicio de ano complicado com duas quebras seguidas por falhas na pilotagem e nas primeiras posições desbancar Sébastien Ogier da liderança do campeonato. Lappi foi o sexto piloto a alternar na etapa a primeira posição, demonstrando mais que nunca a competitividade da categoria incluindo a disputa com seu colega de equipe, o experiente, Jari-Matti Latvala que teve problemas com sua central eletrônica. Sua diferença foi suficiente para conseguir levar o carro com um dano na roda e se manter na liderança.

“Incrível, simplesmente incrível! Estou em casa e por isso deveria ter uma boa performance aqui e de fato tive, mas a vitoria esta muito alem dos meus sonhos! Eu tenho que de fato dizer um grande “obrigado” para a equipe porque eles conseguiram um carro rápido em um tempo curto”.

Elfyn Evans disputou na raça a segunda colocação.

Elfyn Evans conseguiu vencer uma disputa pela segunda colocação com sabor de primeira. Três carros lutaram ferozmente por ela até que Evans, garfou o lugar após começar o dia em quarto lugar e saiu com seu Ford Fiesta em um belo pega contra Teemu Suninem e Juho Hanninem. O trio ficaram trocando posições sendo que ao final uma diferença de apenas 0.3 segundos separou o segundo lugar de Evans do terceiro lugar de Hanninem. Mas mesmo para Teemu, em sua segunda corrida, um quarto lugar é algo a ser muito comemorado.

Craig Breen foi o piloto da Citroen mais rápido da prova terminando em quinto, sempre consistente, conseguiu manter sob controle Thierry Neuville que terminou em sexto, lembrando que Neuville é um piloto com 6 pódios consecutivos, três vitorias e agora, líder do campeonato. Para completar, OTT TANAK depois de uma corrida de recuperação devido a um furo de pneu ainda no primeiro dia conseguiu constar entre os TOP TEN acompanhado por Kris Meeke, Dani Sordo e Mads Ostberg respectivamente.

Agora só em AGOSTO!! Vamos acompanhar o ADAC Rallye Deutschland que rola entre os dias 17-20 de agosto e lembrando que será predominantemente asfalto!!

Resultados:

Categorias: Campeonatos, WRC | Deixe um comentário

Campeonato Estadual de Regularidade Rally Azzurra Jeep 4×4 na veia: Quebra de recorde nas inscrições e prova de alto nível prometem um ano de recuperação no Rally Carioca.

Prova de alto nível, carregada de balaios e diversos tipos de terrenos colocando todas as equipes em alerta máximo.

Prova de alto nível, carregada de balaios e diversos tipos de terrenos colocando todas as equipes em alerta máximo. Foto: Adriane Rangel.

Com uma árdua missão que entre outras coisas consistia em revitalizar o cenário carioca do Rally de Regularidade, conquistar apoio e reconhecimento das federações oficiais de automobilismo (CBA e FAERJ) e bater o bom resultado da primeira etapa, os organizadores do Rally Azzurra Jeep 4×4 na veia valido pela segunda etapa do campeonato estadual de regularidade podem se considerar vitoriosos.

O evento também contou com uma categoria passeio, uma grande sacada para que novas equipes conhecessem o esporte.

O evento também contou com uma categoria passeio, uma grande sacada para que novas equipes conhecessem o esporte com calma e ainda pudessem desfrutar da paisagem com a família.

Maricá/RJ foi o cenário escolhido para a realização da segunda etapa do campeonato estadual de rally de regularidade do Rio de Janeiro com apoio e reconhecimento da Federação de Automobilismo do Estado do Rio de Janeiro – FAERJ, representante da Confederação Brasileira de Automobilismo – CBA e levando em consideração uma inscrição de mais de 50 participantes e os comentários pós prova, a Trovão verde, liderada por Eduardo da Hora acertou em cheio.

A secretaria do evento trabalhando em conjunto com a Faerj na liberação e vistoria de todos os carros. Agilidade e eficiência permitindo todos os carros OK quase uma hora antes da largada.

A secretaria do evento trabalhando em conjunto com a Faerj na liberação e vistoria de todos os carros. Agilidade e eficiência permitindo todos os carros OK quase uma hora antes da largada.

A trovão Verde juntamente com os importantes patrocinadores Azzurra Jeep, Autoribas, Giovanni Auto Center, O QUEIJÃO, Trilha Barra Troller, Daflon Pneus, Ipiranga, Militec-1, Solgás e Total Quartz lubrificantes alem de outros apoiadores como o JCM – Jeep Clube Maricá cumpriram com perfeição o horário com abertura da secretaria as 8:00 horas da manhã no icônico “O Queijão” localizado na rodovia RJ 106 em Maricá, os pilotos contaram com todo apoio e suporte, literatura de bordo, vistorias, briefing completo, uniformes, adesivos, e tudo que era necessario para não só garantir um bom evento, mas um que pudesse manter a curva ascendente na qualidade iniciada na primeira etapa.

O inconfundível "relógio" da TOTEM posicionado ao lado do pórtico de largada. Cada fração de segundo conta...

O inconfundível “relógio” da TOTEM posicionado ao lado do pórtico de largada. Cada fração de segundo conta…

A TOTEM veio como apuradora oficial nesta etapa e trouxe toda sua qualidade de experiencia iniciada em 1996 disponibilizando recursos tecnológicos para os competidores de Rally em diferentes categorias se consagrando não só em tecnologia de bordo/navegação como em tecnologias e processos para apurações de alta performance com reconhecimento vasto entre profissionais e entusiastas. Como resultado, as parciais, acompanhamento dos resultados no site da TOTEM publicados com rapidez e precisão, sem contar o fato de que alem disso tudo os resultados já constam no site oficial da Federação de Automobilismo do Estado do Rio de Janeiro – FAERJ.

Balaios, balaios e mais balaios com muitas rotas ocultas e caminhos inesperados. Foto: Adriane Rangel.

Balaios, balaios e mais balaios com muitas rotas ocultas e caminhos inesperados. Foto: Adriane Rangel.

A prova recheada por balaios, pegadinhas e médias sendo um verdadeiro teste para os pilotos e navegadores, baixas demais em alguns momentos e altas para a complexidade dos balaios em outros momentos, sem dizer grandes trechos de areia de praia com direito a descidas e subidas de dunas massacrantes para a tripulação. Prova de nível alto, diversidade de terrenos, pensada para pilotos e navegadores que ao final extraiu suspiros aliviados para quem concluiu a mesma e pode aguardar os resultados de volta ao QUEIJÃO.

Resultados:

CATEGORIA TURISMO LIGHT:

Na categoria turismo light uma batalha acirrada nas primeiras colocações.

Na categoria turismo light uma batalha acirrada nas primeiras colocações.

RESULTADO 2º ETAPA (TURISMO LIGHT)

resultado light diarios

RESULTADO CAMPEONATO (TURISMO LIGHT) APÓS 2º ETAPA – SEM DESCARTE

resultado campeonato light

CATEGORIA TURISMO:

Médias mais altas e desafio dobrado para a categoria Turismo.

Médias mais altas e desafio dobrado para a categoria Turismo.

RESULTADO 2º ETAPA (TURISMO)

resultado turismo diarios

RESULTADO CAMPEONATO (TURISMO) APÓS 2º ETAPA – SEM DESCARTE

resultado campeonato turismo

Categorias: Campeonatos | Deixe um comentário