browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

WRC Rali da Finlândia 2018 – Uma Vitoria ao estilo Ott Tanak

Posted by on 01/08/2018

Finlândia 18 8

Como seria de esperar desde a primeira especial, o estoniano Ott Tanak foi o vencedor do Rali da Finlândia, dominando a prova desde a primeira especial a bordo do seu Toyota Yaris WRC. Tanak finalizou o certame com 32,7 segundos de vantagem sobre o norueguês Mads Ostberg, a bordo do seu Citroen que também conseguiu o seu primeiro pódio do ano. Jari-Matti Latvala veio em terceiro com 35,5 segundos do seu companheiro de equipe.

“Como é que nos podemos reclamar? Foi um fim de semana perfeito para nós. O primeiro dia foi difícil, mas depois disso nós apenas aumentamos nossa diferença. Existe apoio total atrás de nós, acho que é assim que precisa ser feito – quando todos nós trabalhamos juntos. Em termos de o campeonato, vamos ver onde acabaremos”, disse Tanak, na linha de chegada.

Sebastien Ogier, apesar de ter sido apenas quinto, esta feliz por achar que está na direção certa rumo a mais um campeonato, já que Thierry Neuville terminou apenas na nona colocação. “Dei tudo ao longo do fim de semana e não há muito mais que eu possa fazer. O mais importante é que ao menos vamos na direção certa no campeonato”, disse o piloto francês da Ford.

Com apenas quatro especiais faltando, duas passagens por Laukaa e Ruuhimäki, o dia começou com Ostberg atacando firme, tentando recuperar algum do terreno perdido para Tanak, mas ganhou apenas 2,9 segundos em relação ao estoniano. E para piorar, apenas conseguiu uma vantagem de 0,9 segundos sobre Jari-Matti Latvala.

O perigo era tamanho que Latvala acabou por vencer na especial seguinte, fazendo perigar o segundo posto de Ostberg, pois ganhara 1,2 segundos. Tanak foi quinto, perdendo quatro segundos, mas já tinha tudo controlado. E Latvala aproveitou para atacar ainda mais, vencendo na segunda passagem por Laukaa e diminuir a diferença para 2,5 segundos.

Finlândia 18 6

Mas o tira-teima da segunda passagem por Ruuhimäki, a Power Stage, é que decidiu tudo. Tanak venceu na frente de Ostberg por 0,5 segundos e Latvala foi o terceiro, a 0,8. Basicamente os três primeiros do rali, hierarquizados, os mais velozes da prova. Neuville foi o quarto na super-especial, seguido por Ogier, mas o francês levou a melhor sobre o belga na geral.

Depois do pódio, Hayden Paddon repetiu o seu melhor resultado do ano, sendo quarto, a um minuto e 35 segundos, na frente de Sebastien Ogier, a dois minutos e 15, conseguindo passar Teemu Suninen. Elfyn Evans foi o sétimo, a dois minutos e 29 segundos, na frente de Craig Breen, a três minutos e oito segundo, no seu Citroen, e a fechar o “top ten” ficaram os Hyundai de Thierry Neuville e de Andreas Mikkelsen, a oito minutos e 37 segundos.

Após o rali, Neuville continua a liderar com 153 pontos, contra os 132 de Ogier e os 107 pontos de Ott Tanak. O WRC prossegue dentro de três semanas, em terras alemãs, entre os dias 16 e 19 de agosto.

Fonte: wrc / continental circus.

Deixe uma resposta