browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Rally Carioca Etapa Itaboraí 2019: Feliz ano novo em Julho!

Posted by on 23/07/2019
Inicio do evento no horário e organização preparada para receber os pilotos

Inicio do evento no horário e organização preparada para receber os pilotos

O calendário marca sem sombra de dúvidas que o dia 20 de Julho de 2019 enfim chegou e com ele a 3º Etapa do Rally Carioca 2019 realizada em Itaboraí/RJ. Uma prova que podemos considerar como sendo uma representante do estilo “old school” (Com uso ocasional de propriedades privadas mas com bastante espaço publico presente na planilha) com sua concentração realizada na praça Marechal Floriano Peixoto localizado no Centro de Itaboraí com direito a um café da manhã liberado a todos os competidores, estreia do novo pórtico da organização e a costumeira presença da FAERJ e outros integrantes da secretaria. Comércio aberto, próximo (na área da praça) e acessível. Banheiros disponíveis e o prenuncio de que como ensinamento de Buda… “O melhor caminho para o Nirvana é o do meio”.

Café da manhã disponível a todas as equipes com direito a kit para levar e não se atrasar.

Café da manhã disponível a todas as equipes com direito a kit para levar e não se atrasar.

A aferição foi realizada a uma distancia aproximada de 6 kms da concentração em uma estrada secundaria, mesmo assim, sempre alertamos que isso gera risco para as equipes e também para os motoristas pois causa distração em um local de velocidade superior, entretanto, mesmo se tratando de uma estrada o fluxo era bem reduzido para o horário e nenhum relato chegou até nós indicando alguma ocorrência. Devido a distancia e pelo fato da prova não passar pela aferição a organização se esforçou para alertar a todos em realizarem a aferição ANTES de seguir para a concentração, planilha liberada, alfinete do google maps divulgado e tudo ok. Vistoria da FAERJ, criteriosíssima de deixar o Detran do Rio de Janeiro corado de vergonha. Não estamos exagerando, se você correu a etapa Itaboraí pode rodar tranquilo nas ruas! Esguicho, lanternas, estepe, pneus, documentos e etc.

O inicio do dia anunciava boas intenções dos céus para com o automobilismo carioca.

O inicio do dia anunciava boas intenções dos céus para com o automobilismo carioca.

Estudando a planilha que foi entregue na sexta-feira (dia anterior) já tarde para evitar a galera “precoce” que gosta de ir conferir o traçado antes da prova mas não tão tarde a ponto de prejudicar o pessoal que está começando por agora e prefere já sair com tudo configurado de casa não encontramos grandes surpresas. Na verdade em uma primeira olhada duas tulipas que saíram com problema de impressão (sem o sentido, seta) mas que foram tratadas logo no Briefing e tudo ok para seguir dentro do horário previsto.

Sem direito a duvidar do hodômetro. Ao contrario do esperado a prova se manteve desafiadora.

Sem direito a duvidar do hodômetro. Ao contrario do esperado a prova se manteve desafiadora.

Em nossa análise, a prova entregou o que era necessário. Nesse momento tudo o que o automobilismo carioca precisava era isso, finalmente uma prova do rally de regularidade em 2019 que conseguisse ser cumprida do início ao fim, mas que também não fosse um sinal de “desistência” entregando uma prova reta e sem desafios apenas para “cumprir tabela”. As pegadinhas estiveram lá, os balaios também (inclusive o insistente estilo de balaios “invisíveis” aqueles em que se precisa confiar no hodômetro pois não existe referência visual no percurso ou são muito sutis), os testes de paciência para pilotos com velocidades muito abaixo do pedido para o traçado e também as médias um pouco mais apimentadas estavam lá e o que dizer de algumas erosões e também uns aclives bem definidos? No final, todos os sabores estavam presentes, apenas um ajuste no brilho para não ofuscar a festa e entregar ao longo das pouco mais de 4 horas de prova tudo o que o esporte precisa.

Alem de médias equilibradas alguns trechos exigiam pé no porão

Em uma prova com médias equilibradas, alguns trechos pediam pé no porão.

A trovão Verde capitaneada por Eduardo da Hora não conseguiu evitar que os dados rolassem (para isso não existe jeito) mas cuidaram direitinho para que as probabilidades de um resultado positivo fossem maiores. Aposta de risco? Boa parte do traçado em área pública assim como a concentração do evento e premiação. Foi uma jogada ousada (e correta) para o momento, as vezes a ousadia esta nos detalhes.

O posicionamento racional da equipe de resgate foi fundamental para a boa performance em duas ocorrências.

O posicionamento racional da equipe de resgate foi fundamental para a boa performance em duas ocorrências.

Outro grande “plus” foi a ação séria e profissional da equipe de apoio que lidaram com dois resgates sendo um por pane mecânica (superaquecimento) em um carro da TURISMO LIGHT e outro por acidente na categoria NOVATOS. Em ambas ocorrências os carros foram resgatados para fora do percurso e colocados em um ponto previamente escolhido pela organização, um posto de gasolina, para que os carros fossem rebocados para as respectivas oficinas ou casas. No caso da equipe da NOVATOS que necessitaram de assistência médica, um responsável da organização conduziu os mesmos ao hospital e após confirmação de sua entrada, retornou ao trabalho na prova deixando os mesmos sob cuidados médicos. As 22:00 horas já se passando horas do encerramento da premiação e etc e após confirmação da liberação dos competidores e previsão para reboque do veículo a Trovão Verde considerou encerrada a missão em Itaboraí.

Um bom grid com equipes experientes e muita animação. Tempero perfeito para uma prova tão esperada.

Um bom grid com equipes experientes já no gatilho para popularem as categorias superiores e muita animação. Tempero perfeito para uma prova tão esperada.

Na chegada a mesma praça aguardava a todas as equipes com uma simpática e oportuna festa junina além de todos os restaurantes abertos prontos a atender, sendo assim, quem podia beber, bebeu, quem queria comer comeu e após aguardar a leitura de todos os rastros, os resultados saíram e a premiação logo teve início.

E chegamos enfim ao final do evento, para quem podia, um brinde com certeza merecido!!

E chegamos enfim ao final do evento, para quem podia, um brinde com certeza merecido!!

Conclusão,

Feliz ano novo Rio de Janeiro!! Os fogos foram devidamente lançados em Itaboraí/RJ. Pode parecer atrasado por não ser na virada do ano e realmente não ter o mesmo glamour das praias e seus fogos reluzentes, mas para o Rally de Regularidade do estado o dia foi de festa e desencanto. Em uma prova totalmente dentro das “linhas” a Trovão Verde finalmente conseguiu entregar ao estado uma prova do início ao fim que no final das contas não precisou de nenhuma novidade ou receita mirabolante, apenas focando no necessário e se colocando na posição de Campeonato Carioca, com suas vantagens e desvantagens, aceitando suas características básicas iniciadas em 2017. Foi um bom dia de competição com uma prova digna de um campeonato estadual, agora é manter o bom trabalho e que venha TRAJANO DE MORAIS com a 4º ETAPA DO CAMPEONATO CARIOCA DE REGULARIDADE.

E chegou a hora dos resultados!!

E chegou a hora dos resultados!!

Resultados:

TURISMO
1º Pedro Lamha Braz / Patrese Pereira da Bella
2º Andre Costa de Sousa / Pedro de Alcantara Sousa
3º Bruno Klippel Santoro / Telmo Sacchetto Martins
4º Wilker Vieira da Silveira / Vitor Seleiro Wendling Duarte
5º Marcelo Soares Fusco da Silva / Bruno Neto da Costa

TURISMO LIGHT
1º Carlos Cesar Ruthes / Felipe Ruthes
2º Evaldo Tavares Nespoli / Livia Tavares Valente
3º Rodrigo Caetano de Souza / Lia Germano Lima de Souza
4º Maurício Martins Brandão / Flávio Martins Brandão
5º Luciano Castello Branco Serra / André Duque Estrada Fernandes

NOVATOS
1º Calos Thurler Scheidegger / Gisele Gomes Berruezo
2º Celestino Colchete Neto / Ana Catherine Scofano Colchete
3º Fabricio Batista Nigro / Cristiane Santos da Rocha
4º Danielle Pires Lopes Marques / Guilherme de Brito Gomes
5º Claudio Luiz Dargam Costa / Fabio Luiz Dargam Costa

RESULTADOS SITE OFICIAL TOTEM

Deixe uma resposta