browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

RALLYAÇO 2019: Ainda não foi dessa vez que o RJ teve uma prova concluída da primeira a ultima página.

Posted by on 17/07/2019

WhatsApp Image 2019-07-16 at 10.44.33 PM

Enfim chegou em um sábado o tão esperado 13 de Julho de 2019, dia de Rallyaço!! Sem atrasos, sem adiamentos e logicamente sem a menor chance de mudar a localidade. Realizado em Volta Redonda com concentração na concessionaria MITSUBISH KETTEI com céu azul, frio, mas com sol para oferecer um consolo pela manhã e um ambiente muito bem organizado com toda infraestrutura necessária, sem ressalvas! Farto café da manhã e até mesmo churrasco completamente sem custo para todos à medida que chegava o meio do dia, uma bela rampa com portal para fotos e largada dos competidores e tudo, muito rápido e eficiente com a secretaria e FAERJ, perfeito.

Uma impressionante  infraestrutura aguardava a todos os competidores

Uma impressionante infraestrutura aguardava a todos os competidores

Algo que nos chamou atenção e que deve ser destacado ocorreu na hora de fazer aferição da prova pois a rodovia contava apenas com uma faixa para cada sentido com carros em alta velocidade e também caminhões. Mesmo o acostamento era estreito e isso de certa forma, apesar de não ocasionar maiores problemas no evento deve ser evitado porque todos querem aferir precisamente e isso pode causar acidentes diretos e indiretos com distração aos motoristas.

Bruno "Chorão" (A direita)  - Organizador incansável do Rallyaço cuidando de todos os detalhes até o ultimo momento.

Bruno “Chorão” (A direita) – Organizador incansável do Rallyaço cuidando de todos os detalhes até o ultimo momento.

Quanto a planilha nada que sobressaísse a um clássico certame da categoria a não ser pelo fato de grandes deslocamentos e o dia não ser segmentado em duas ou mais etapas e sim em uma única prova continua. Isso apesar de ser possível torna muito difícil para uma equipe se recuperar caso tenha algum problema mecânico ou mesmo se perca de forma um pouco mais incisiva. Fora isso, tudo normal, tudo conforme esperado.

Diversas equipes literalmente invadiram o Rallyaço, entre muitas, o Jipe Clube Maricá (JCM)

Diversas equipes literalmente invadiram o Rallyaço, entre muitas, o Jipe Clube Maricá (JCM)

Em nossa opinião a prova não foi difícil, foi bem trabalhada sem burocracia ou balaios desnecessários apenas com o objetivo de inchar ou simular algum grau de dificuldade. Hodômetro perfeito, tudo batendo dentro das referências, médias compatíveis de acordo com as categorias superiores e de base porem alguns trechos de fato pareciam testar a paciência dos pilotos e navegadores as vezes sendo necessário andar praticamente em marcha lenta no plano que pedia um pouco mais de pedal e por vezes solicitando velocidades sofridas em aclives bem pedregosos, mas faz parte. A tinta preta no papel e os traços coloridos nos tablets e celulares acenavam felizes para um final bem sucedido, bastava fazer tudo dentro do planejado e esperar um bom resultado, entretanto assim como os problemas encarados pela Trovão Verde na organização do Campeonato Carioca no qual as duas ultimas etapas simplesmente não foram finalizadas em sua totalidade nesta temporada de 2019 a organização do RallyAço iria encarar também problemas.

Com o desenrolar da prova, ocorrências começaram a segmentar e dar carga aos apoios.

Com o desenrolar da prova, ocorrências começaram a segmentar e dar carga aos apoios.

Sobre compartilhar experiências, Eduardo da Hora (Presidente da Trovão Verde e organizador do Rally Carioca de Regularidade) se inscreveu no Rallyaço e foi divulgador do evento em seus canais de internet assim como Bruno, organizador do Rallyaço e competidor do Campeonato Carioca além de também divulgar em suas redes o campeonato, o que demonstra a maturidade necessária de duas equipes que mesmo independentes parecem compreender que representam hoje boa parte do que é o Rally de Regularidade Carioca e são responsáveis e mantenedores das expectativas de dezenas de equipes que se dedicam ao esporte.

Alem de problemas pontuais ao longo do percurso, interrupções por interferência externa foram reportadas.

Alem de problemas pontuais ao longo do percurso, interrupções por interferência externa foram reportadas.

Assim como nas etapas do principal certame de regularidade do estado do Rio de Janeiro os dados rolaram e interromperam a prova unica do Rallyaço impactando a categoria Light com o bloqueio da passagem por pessoas que alegavam serem responsáveis pelo local e que não tinham autorizado nenhum evento, após algum tempo, o caminho foi desbloqueado e a prova continuou com atraso em relação aos PCs porem mais para frente Bruno conseguiu interceptar esse comboio e realizar uma “nova largada” corrigindo o tempo perdido. Mas esse primeiro bloqueio, ainda iria gerar frutos amargos.

Em determinado momento os competidores começaram a andar próximos, demonstrando atrasos ou adiantamentos.

Em determinado momento os competidores começaram a andar próximos, demonstrando atrasos ou adiantamentos.

Alguns pilotos não conseguiram seguir o comboio que avançou de acordo com a planilha, alguns atrasados por necessidade de resgate seja por terem se perdido, seja por estarem atolados ou com problema mecânicos e outros por motivos quaisquer acabaram ocasionando algo “comum” nas provas de regularidade quando o atraso começa a se tornar expressivo, os pilotos simplesmente começaram a acelerar o quanto podiam por estradas estreitas e até mesmo ruas bucólicas da região colocando em risco as pessoas, animais e até mesmo gerando pavor na comunidade a medida que passavam, precisamos lembrar que geralmente essas pessoas estão acostumadas a muita tranquilidade, carros passando velozes e ruidosos assustam mesmo. Não teve jeito, novamente uma interrupção após carros passarem em velocidade e assustarem os moradores a ponto de atravessarem um caminhão para interromper a passagem. Apesar da gravidade e do tom ainda mais elevado que da primeira interrupção, felizmente, as equipes conseguiram acalmar os ânimos dos locais e seguiram com a prova.

Um oásis no meio de uma batalha, entretanto para poucos, já que para quem estava atrasado a opção era passar direto e recuperar o tempo

Um oásis no meio de uma batalha, entretanto para poucos, já que para quem estava atrasado a opção era passar direto e recuperar o tempo

Finalmente a CASA DO MAMÃO/PIRAÍ, local do maior neutro da prova (NEUTRÃO) chegou com 20 minutos para descanso e logo iniciar um deslocamento. Porém ainda existiam pilotos chegando, buscando recuperar o tempo e com isso não parando no NEUTRÃO o que serviu para diminuir o atraso e tirar um pouco o ímpeto do acelerador, alem disso o longo deslocamento em estrada atenuava com um pouco mais de segurança qualquer débito com o cronometro. Porem já se contabilizava mais de 4 horas de prova e sem descanso o cansaço já batia e a noite já se desenrolava no horizonte.

Um dos receios da organização se concretizou dando como "alento" uma bela lua com o chegar da noite

Um dos receios da organização se concretizou dando como “alento” uma bela lua com o chegar da noite

Não teve jeito. Infelizmente a ultima parte da prova foi desenhada aparentemente para “diferenciar” as equipes e dar uma chance para melhorar a pontuação acertando balaios, trabalhando a paciência e concentração das equipes após uma prova extensa mas tudo isso planejado para ser feito com a luz do dia e já estava escuro, sem o menor traço de luz solar tornando inevitável a decisão de cancelar o trecho final em nome da segurança. Fim de prova e deslocamento para a premiação.

E chegou a hora mais esperada. Pódio montado com um belo painel ao fundo e os trofeus aguardando seus novos donos.

E chegou a hora mais esperada. Pódio montado com um belo painel ao fundo e os trofeus aguardando seus novos donos.

Uma bela festa, novamente com toda infraestrutura necessária localizada no CENTRO DE TREINAMENTO JOÃO HAVELANGE em Pinheiral/RJ. Musica ao vivo, novamente nossa amiga Kombi com chopp artesanal e um belo cardápio com caldos diversos e churrasco alem do pódio montado orgulhosamente na frente de um mural com os logos do RALLYAÇO e os trofeus ao lado para premiação. Logicamente ocorreu uma demora na liberação dos resultados da categoria light que foi a mais afetada pelas ocorrências ao longo do dia.

Conclusão,

O Rio de Janeiro insiste, graças aos esforços de organizadores e a confiança e paciência de competidores que ainda prestigiam os eventos. O Rallyaço certamente foi um evento planejado e realizado com muito cuidado, muita atenção e dedicação, isso fica claro nos detalhes. Conforme palavras do próprio Bruno:

Os agradecimentos vão para todos os competidores e patrocinadores que fizeram esse evento ocorrer. Sem competidor não há evento e sem patrocinador muito menos. O evento ao longo do tempo foi tomando uma proporção maior fazendo com que tivéssemos que mudar a programação a medida que as coisas ocorriam, isso foi bom, acabou possibilitando que locais que antes achávamos não serem possíveis de fazer parte da prova se tornassem viáveis. Lamentável algumas situações que ocorreram, um rally passando por quatro cidades diferentes é complexo de se monitorar e acabaram ocorrendo algumas falhas de comunicação que por consequência cancelaram uma parte da prova. Sabemos que os competidores da Light foram os mais afetados já que uma prova única, utilizando apenas GPS é muito complexa, resultando em competidores perdidos e (ou) muito atrasados.

E completa:

A turismo light não é uma novato (categoria) e você não tem uma categoria que praticamente é um passeio em um evento único como o Rallyaço, mas pode ser feito duas provas no futuro (duas planilhas) com uma dificuldade menor para a turismo light até para quem já esta correndo faz algum tempo perceber que esta na hora de subir para turismo, logo, essas ressalvas vão mais para a turismo light que tiveram 30 competidores e que temos muito carinho por todos, ano que vem iremos nos esforçar e estarmos juntos no RYO2020.

Ano que vem tem RYO2020 que com certeza vem chegando para arrebentar e ser um diferencial no automobilismo carioca de competição. Vamos agora para os resultados!! Confira.

Após uma prova muito aguardada ao longo do ano, enfim o pódio.

Após uma prova muito aguardada ao longo do ano, enfim o pódio.

Resultado – MASTER – Prova Unica
1º Leonardo Lanziotti / Priscila Nogueira Belo Horizonte – MG / LANZIOTTI ORTOPEDIA
2º Jean Kamil / Leonardo Martins Juiz de Fora – Mg / Lobo Guará

Resultado – GRADUADO – Prova Unica
1º Kleber Santana / Fernanda Tonani Santana Guarulhos _ Sp / Ducks Rally Team
2º Bruno Soligo / Marcelo Carestiato Volta Redonda / Internet Prinse
3º Amir Novaes / Marcelo Novaes
4º Paulo Cesar Guerra / Claudio Leandro Nicolau
5º Marcus Castelan / Roberta Castelan Rio de Janeiro – Rj / JCM Rally Team

Resultado – TURISMO – Prova Unica
1º Osvaldo Prezotto / Nathália Graciano São José dos Campos _ Sp / Ducks Rally Team
2º Rafael Gomes de Oliveira / Lucas Cunha Soares Juiz de Fora – Mg / Delegado Rafael
3º Reinaldo Garcia Cardoso / César Romero Figueredo Santos Dumont _ Mg / Vip Express Telecom
4º Rafael Cagnin / Raphael Borges Juiz de Fora – Mg / Automais
5º Ricardo Silva de Farias / Wilson Rodrigues Pinto São Paulo (sp) / Ducks Rally Team

Resultado – TURISMO LIGHT – Prova Unica
1º Glausany Pimentel / Danielly Pimentel Juiz de Fora – Mg / Glaucar Automotivos
2º Mauricio Martins Brandao / Flavio Martins Brandao Rio de Janeiro – Rj / JCM Rally Team
3º Carlos Ruthes / Felipe Ruthes Maricá / JCM Rally Team
4º Cristiano Palmeiras / Patricia Palmeiras
5º Eric Guedes / Gabriel Petruccelli

Melhor Dupla Mista
6º Rodrigo Souza / Lia Souza Rio de Janeiro – Rj / DJ Rally / JCM Rally Team

Melhor Dupla Feminina
13º Anna Emília Castro / Milena Castro Salvador _ Ba / JCM Rally Team

TODOS OS RESULTADOS POR TOTEM
FOTOS EM DIARIOS DE JUDITH – FONTES DIVERSAS/WHATSAPP

Deixe uma resposta