browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

WRC Tour de Corse 2017: Neuville enfim consegue vencer o azar.

Posted by on 10/04/2017

Thierry Neuville definitivamente venceu muito mais que uma prova do WRC neste ano de 2017, conseguiu enfim quebrar uma sequencia de provas que quase provaram a existência de uma maldição, má sorte, azar puro e próprio. Desde o inicio do campeonato Neuville liderando provas conseguiu colocar tudo a perder, não conseguindo completar a mesma e abrindo mão de pontuação devido a acidentes. Mas dessa vez, não terminou desta forma, desta vez Neuville conseguiu superar sua “maldição”.

Ele conseguiu vencer o rally realizado em 4 dias de competição iniciado em 27/04/17 e concluído em 30/04/2017, com sua vitoria este ano já foram realizadas quatro provas com quatro diferentes vencedores de diferentes fabricantes, fato que não se repetia desde 1987 (30 anos) e reforçando o acerto na mudança dos regulamentos e especificações dos carros em busca de maior competitividade.

Apesar da grande pressão, boa parte dela do próprio Neuville diante dos resultados anteriores, o belga conseguiu manter a cabeça fria para os ajustes do carro antes de encarar os trechos bem estreitos e com muitas curvas característicos do Tour de Corse alem de aproveitar muito bem os problemas mecânicos que tiraram Kris Meeke da liderança.

“A sensação é ótima, gostaria de agradecer a toda equipe que manteve a confiança em meu trabalho e continuou me apoiando após as provas de Monte-Carlo e Suécia. Eu tive um pouco de dificuldade no primeiro dia e não tinha certeza se poderia vencer, mas lutamos juntos e conseguimos”

Já Sebastien Ogier conseguiu ampliar sua liderança no campeonato após superar Dani Sordo na etapa final. Problemas elétricos retardaram o francês com seu Ford Fiesta deixando o espanhol abrir vantagem, porem, conseguiu tirar a diferença de 2.5 segundos e ainda colocar 1.7 segundos de vantagem.

Sébastien Ogier luta contra problemas elétricos em seu Ford Fiesta e consegue conquistar o segundo lugar no ultimo trecho

“Foi um rally bem complicado, mas um pódio é bem melhor que nada”, diz um Ogier visivelmente decepcionado, após relatar também problemas hidráulicos em seu bólido: “Sem elétrica, freio de mão e um monte de problemas no ultimo trecho…”. O Hyundai i20 de Dani Sordo cravou 13.6 segundos na frente de Jari-Matti Latvala, o finlandês considerou até mesmo o vento para conseguir superar Craig Breen por apenas um decimo de segundo e deixa-lo em quinto.

O WRC retorna dia 27/04/17 na Argentina com a prova YPF Rally Argentina 2017.

Deixe uma resposta